8 tendências para o setor de eventos em 2018

8 tendências para o setor de eventos em 2018

tendências

O site Panrotas preparou uma lista com as oito principais tendências para o setor de eventos em 2018. Entre os destaques, o uso da realidade virtual, possibilitando a participação no evento mesmo a distância.

Oferecer maior segurança aos participantes é outra das tendências que deve predominar no setor em 2018. Alguns dos pontos destacados pelo Panrotas não deixam de ser tendências, mas de certa forma já fazem parte dos planos de quem promove e organiza eventos como é o caso da aposta em sustentabilidade, layouts diferenciados, experiências customizadas e ações com foco em exclusividade. Ou seja, quem ainda não está adotando essas medidas em seus eventos está ficando para trás.

Além da realidade virtual, a lista do Panrotas aponta também o uso da inteligência artificial como uma tendência em crescimento no setor de eventos. A ideia seria apostar na tecnologia como forma de automatizar o atendimento ao participante. Entre as ideias está o uso de aplicativos e de chatbots, que respondem automaticamente as dúvidas mais frequentes sobre o evento via Facebook Messenger, por exemplo.

Por fim, a lista de tendências fala sobre proporcionar cada vez mais espaços e momentos no evento em que o participante possa se desligar ou se desplugar. O objetivo seria dar a ele a chance de descansar e relaxar para refletir sobre o que viu e estar preparado para prosseguir sua jornada no evento.

Confira um resumo de cada tendência apontada pelo Panrotas:

Segurança

Tem se tornado cada vez mais importante o uso de tecnologias como rastreadores de multidões em aplicativos, contadores de pessoas, mapas que mostram o tráfego de pedestres, entre outros.

Participantes virtuais

Permita que os participantes virtuais toquem o palco e crie locais de encontro virtuais e deixe-os participarem ativamente das discussões e da jornada do evento.

Exclusividade

Inclua no evento algo que não possa ser encontrado em outro lugar. Um menu com ingredientes locais é uma boa pedida.

Layouts diferentes

É possível criar grandes mudanças diversificando apenas o layout dos assentos (como o formato espinha de peixe, por exemplo).

Experiências customizadas

Eventos utilizam tecnologia para reunir as preferências dos participantes e encontrar padrões em suas atividades, ajudando os organizadores a criarem uma experiência que garanta o máximo de impacto e engajamento de cada um dos presentes.

Assistência por meio de inteligência artificial

Os organizadores terão ferramentas nos próprios bolsos, como aplicativos e chatbots, e com isso também pode reunir dados.

Sustentabilidade

Uma das formas mais simples e comuns de criar um evento sustentável é não utilizando papel e adotar substituições digitais, como apps e e-mail.

Participantes desplugados

Momentos de relaxamento deixam os participantes menos estressados e os ajudam a processar melhor o que aprenderam durante as apresentações do evento.

Leia o texto completo do Panrotas.




Artigo publicado em:
27/02/2018
Categorias:
Turismo
Tags:
,



Veja também:

Nenhum comentário

Deixe um comentário

Começar Conversa
Podemos te ajudar?
Olá, tudo bem?
Estamos à disposição no whatsapp.