Turismo latino-americano será mais feminino e voltado para experiências, diz pesquisa

Turismo latino-americano será mais feminino e voltado para experiências, diz pesquisa

blank

O turismo latino-americano será cada vez feminino e voltado para experiências, proporcionadas principalmente pelo crescente uso da internet no planejamento das viagens.

Esta é uma das tendências apontadas no “Relatório de Tendências 2017 Latin America“, apresentado durante o World Travel Market (WTM), que aconteceu entre o dia 4 e 6 de abril em São Paulo pela analista da Euromonitor, Marília Borges.

O relatório destaca três tendências que considera cruciais para o Turismo na América Latina.

A principal tendência apresentada no “Relatório de Tendências 2017 Latin America”  está relacionada ao empoderamento feminino. As mulheres estão mais independentes e não deixam de viajar caso não haja companhia. Só no Brasil, uma em cada oito mulheres com intenção de viajar no primeiro semestre deste ano fará isso sozinha. São cerca de 3 milhões de mulheres em viagens solo, e para elas, segurança é uma questão prioritária.

Outra tendência é a crescente participação de viajantes com mais de 50 anos no mercado de turismo. Entre 2010 e 2020, o número de turistas latino-americanos com mais de 50 anos vai crescer 40%, chegando a quase 90 milhões. No ano de 2020, 28% dos turistas latino-americanos terão mais de 50 anos.

O relatório também aponta um novo perfil, os profissionais autônomos e empreendedores que viajam. Segundo dados da Euromonitor, entre 2010 e 2016, 7,4 milhões de pessoas Se tornaram profissionais autônomos ou empregadores só na América Latina.

Confira o Relatório de Tendências 2017 Latin America na íntegra

 




Artigo publicado em:
07/06/2017
Categorias:
Turismo
Tags:
, , ,



Veja também:

Nenhum comentário

Deixe um comentário

Começar Conversa
Podemos te ajudar?
Olá, tudo bem?
Estamos à disposição no whatsapp.